Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Zootopia

No domínio dos filmes de animação, comentamos hoje um dos mais recentes exercícios da Walt Disney Animation Studios.

 

movie poster.jpg

Zootopia – Zootrópolis, 2016, de Byron Howard, Rich Moore e Jared Bush, com as vozes de Ginnifer Goodwin, Jason Bateman, Idris Elba, Jenny Slate , Nate Torrance, J.K. Simmons, Octavia Spencer, Alan Turdyk, Shakira.

 

resize.jpg

Zootrópolis, ou como nós preferimos no Sessão da Meia Noite o original Zootopia, é uma fábula animal que nos leva a um universo de animais humanizados, vivendo numa sociedade organizada por habitats e com presas e predadores em harmonia.

 

Zootopia descreve perfeitamente a ideia preponderante no filme, uma sociedade utópica com animais.

 

Aparentemente, o último estágio da evolução animal aproximou-os do Homem de hoje em dia (que não existe em Zootopia), vivendo uma aparente harmonia. No entanto, à semelhança das realidades que podemos observar na nossa sociedade, também Zootopia tem crime, injustiça, descriminação e, sobretudo, sede de poder.

 

zootopia-poster-crop.jpg

 

O argumento foca-se em Judy Hopps, uma coelha muito fofinha (Ginnifer Goodwin) que quer ser polícia na cidade, e vai fazer tudo para cumprir o seu sonho.

 

No entanto, o fato de Judy conseguir ser polícia, não significa tudo aquilo que ele sonhou. Judy é colocada de parte pelos seus colegas e chefia, o chefe Bogo (Idris Elba).

 

chefe bogo.jpg

 

Uma presa no meio de predadores, que vai ter que lutar muito para provar o seu valor no meio dos animais grandes.

 

Um do foco principal do filme acaba por ser a dicotomia entre animais grandes e animais pequenos.

 

A história contudo faz-se a ultrapassar estereótipos, começando pelo parceiro “detetive” de Judy que acaba por ser a raposa Nick Wilde (Jason Bateman). Esta dupla de “detetives” acaba por resolver uma onda de desaparecimentos de mamíferos que, antes de desaparecerem, apresentaram comportamentos selvagens.

 

nick e judy.jpg

 

Pelo meio percebemos como é organizada a cidade por diferentes dimensões de animais, numa relação harmónica entre grandes e pequenos.

 

Conhecidos como Easter Eggs, ou Ovos da Páscoa, existem diversas referências da cultura pop e cinematográfica, adaptadas à dimensão de Zootopia, como:

- Os DVD’s piratas onde podemos ver o filme Wreck It Rino;

- Na cidade dos pequeninos temos o Lemmings Brothers Bank;

- Há um mafioso poderoso, Mr. Big, numa clara referência ao Padrinho de Copolla, que é um musaranho do ártico, cujos capangas são ursos polares (obviamente);

- Os mamíferos raptados estão presos em celas ao melhor estilo do Silêncio dos inocentes, entre muitos outros.

 

Zootopia+godfather.jpg

 

No fundo é um filme engraçado, muito bem feito, com uma história bem construída, indicado para pequenos e graúdos, num exercício de esperança e crença na possibilidade de atingir objetivos, numa altura em que, por vezes, é mais fácil desistir.

 

 

É, no fundo, um filme positivo que vale a pena ver.

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: