Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Precious Cargo com Bruce Willis

Frequentemente, os estúdios de cinema tentam suportar os seus filmes em nomes estabelecidos, e facilmente reconhecidos no meio cinematográfico, e esperam assim obter êxitos de bilheteira. O Sessão da Meia Noite viu recentemente um exemplo deste tipo de filmes.

 

precious cargo 1.jpg

Precious Cargo – Duplo Confronto, 2016, de Max Adams, com Bruce Willis, Mark-Paul Gosselaar, Claire Forlani, Jenna B. Kelly, Nick Loeb, Daniel Bernhardt, John Brotherton, Lydia Hull, Sammi Barber, Tyler Jon Olson, Christopher Rob Bowen.

 

Este filme, comercialmente suportado pelo nome de Bruce Willis, é um filme de ação típico, de série C ou D, onde todos os protagonistas são bandidos.

 

Mark-Paul Gosselaar (o Zack de Saved by the bell – Já tocou de 1989) é Jack, um especialista em assaltos e tráfico de armas, que trabalha com uma equipa operacional composta por amigos seus, todos ex-militares inadaptados à normal vida civil.

 

precious cargo 3.jpg

 

Enganado pela sua ex-namorada Karen (Claire Forlani), e empurrado pelo seu código de honra, Jack vê-se obrigado a fazer um assalto a um carro armado que transportava diamantes.

 

Ameaçada pelo mafioso Eddie Pilosa (Bruce Willis), Karen tenta ganhar vantagem do assalto ludibriando Jack e Eddie ao mesmo tempo. Contudo nem tudo vai correr como ela planeou.

 

precious cargo 4.png

 

Basicamente, o argumento não tem muito mais para dizer. Com a ação centrada no delta do Mississípi, temos uma cinematografia decente e excelentes planos do mar e dos pântanos do delta do rio nas perseguições de barco.

 

As paisagens bonitas são um interessante acrescento ao filme mas não adicionam substância à história.

 

 

Neste caso, o tiro saiu pela culatra aos estúdios, e o filme teve muito má aceitação pelo público. No site Rotten Tomatoes o filme tem 0% no Tomatoemeter (% de críticos com opinião positiva) e 21% no Audience Score (% de utilizadores com opinião positiva).

 

Quanto a nós, somos obrigados a concordar com a maioria da opinião vigente, o filme não trás nada de novo ao estilo e os nomes de Bruce Willis, Claire Forlani e Mark-Paul Gosselaar não são suficientes para fazer um bom filme.

 

Bang!

 

Viewer discretion is advised!!

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.