Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Ocean's Eleven

Muito antes de George Clooney pegar no papel de Danny Ocean, ele foi desempenhado por uma das maiores figuras de cinema americano do século passado: Frank Sinatra. É desse pedaço de história cinematográfica que falamos hoje.

 

oceans eleven 1960 1.jpg

Ocean’s Eleven – Os Onze do Oceano, 1960, de Lewis Milestone, com Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford, Richard Conte, Joey Bishop, Henry Silva, Buddy Lester, Richard Benedict, Normal Fell, Clem Harvey, Angie Dickinson, Cesar Romero, Patrice Wymore, Akim Tamiroff, Lew Gallo, Shirley Maclaine, George Raft.

 

Este filme serviu de inspiração e base para a criação da epopeia de aventuras da nova encarnação de Danny Ocean e amigos que foi lançada a 2001, pela mão do realizador Steven Soderberg.

 

Mas quarenta e um anos antes de Steven Soderberg, a Warner Brothers apostou em Lewis Milestone para dirigir um elenco constituído pelas estrelas mais brilhantes de Hollywood na altura, num filme sobre um assalto aos maiores casinos de Las Vegas.

 

O argumento foi construído à volta de um grupo de amigos, veteranos da Segunda Guerra Mundial, que viu uma possibilidade de resolução financeira das suas vidas num ousado assalto aos cinco maiores casinos de Las Vegas numa só noite.

 

oceans eleven 1960 5.jpg

 

O plano foi elaborado e executado com precisão militar, e na noite de passagem de ano, os cinco maiores casinos de Las Vegas: Sahara, Riviera, Wilbur Clark’s Desert Inn, Sands e Flamingo, foram assaltados da totalidade dos ganhos ao jogo que se encontravam nos seus cofres.

 

O grupo era liderado por Frank Sinatra, no papel de Danny Ocean, e incluía outros artistas do chamado Rat Pack de Hollywood dos anos 60, como Dean Martin e Sammy Davis Jr..

 

oceans eleven 1960 4.jpg

 

Contudo, uma reviravolta inesperada traduziu-se num final agridoce para os nossos heróis, e aumentou o tom de comédia desta obra.

 

Criado com o objetivo de se afastar dos musicais típicos da época, não deixa de ter prestações musicais de Dean Martin e Sammy Davis Jr., enquadradas na história do roubo.

 

Este filme que é classificado como um crime-movie, não deixa de ser uma comédia com toques de musical, bem construído e realizado, tornando-se numa experiência muito divertida e interessante, digna de ser vista por todos os interessados em bons filmes dos anos 60 do século passado.

 

oceans eleven 1960 6.jpg

 

As prestações dos diversos atores estão muito niveladas, o que se traduz num resultado final muito homogéneo e equilibrado. Este facto é muito interessante pois temos figuras como Frank Sinatra e Dean Martin ao lado de outros atores menos reconhecidos, sem que nenhum fique prejudicado ou beneficiado.

 

Como curiosidade, na altura vivia-se ainda em Las Vegas a separação entre brancos e negros, tendo Sammy Davis Jr. ficado originalmente hospedado num hotel diferente do restante elenco.

 

oceans eleven 1960 2.jpg

 

Contudo, por pressão de Frank Sinatra junto dos donos dos maiores casinos, esta regra foi abolida, primeiro para Sammy e depois para a generalidade da população.

 

Na altura da estreia, o filme não foi muito bem recebido pela crítica, no entanto, para nós no Sessão da Meia Noite, esta foi uma experiência divertida e interessante, transmitindo-nos os primórdios da história de Danny Ocean.

 

Como é óbvio, o filme de 2001 não é uma continuação, somente uma adaptação, mas disso falaremos noutro post.

 

Classificação SMN: 7/10.