Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Narcos - Temporada 3

A muito aguardada terceira temporada de uma das nossas séries favoritas - Narcos, estreou no passado dia 1 de setembro na plataforma Netflix, e nós no Sessão da Meia Noite, não descansámos enquanto não vimos todos os 10 episódios.

 

narcos t3 1.jpg

 

Narcos - Temporada 3, 2017, de Carlo Bernard, Chris Brancato e Doug Miro, com Pedro Pascal, Damian Alcázar, Alberto Ammann, Francisco Denis, Pêpê Rapazote, Matias Varela, Javier Cámara, Andrea Londo, Eric Lange, Kerry Bishé, Michael Stahl-David, Matt Whelan, Arturo Castro, Sebastián Eslava, Miguel Ángel Silvestre, Juan Sebastián Calero, Juan Pablo Shuk, Brett Cullen, Edward James Olmos, Carlos Camacho, Tatiana Vargas.

 

A morte de Pablo Escobar no final da temporada 2, forçava uma mudança de cenário e, mantendo a consistência das temporadas anteriores, os produtores decidiram-se pela lógica, e assumiram a história do Cartel de Calí que, na realidade, também assumiu o vazio deixado por Pablo Escobar.

 

No final da década de 80 do século XX, o Cartel de Calí separou-se de Pablo Escobar e passou a atuar sozinho nas redondezas da cidade de Calí e no Vale do rio Cauca na Colômbia.

 

narcos t3 2.jpg

 

Com uma liderança a quatro mãos: Gilberto Rodriguez Orejuela (Damian Alcázar), Miguel Rodriguez Orejuela (Francisco Denis), José Santacruz Londoño (Pêpê Rapazote), Helmer Herrera Buitrago (Alberto Ammann), controlava as atividades ilegais que Pablo Escobar não detinha.

 

A retirada de cena de Pablo Escobar em 1993, proporcionou a Calí a tomada do seu lugar na frente do comércio mundial de cocaína.

 

A terceira temporada de Narcos foca a subida ao poder no mundo do crime e do tráfico de cocaína do Cartel de Calí, e a sua queda, com o auxílio do sempre esforçado e insistente agente Peña (Pedro Pascal), a lutar contra o crime, a corrupção e a política, simultaneamente.

 

narcos t3 3.jpg

 

A morte de Pablo Escobar trouxe uma promoção a Javier Peña, que ficou o responsável máximo do DEA na Colômbia.

 

Com a saída de cena do agente Steve Murphy, Peña recrutou dois agentes ansiosos por ajudar, Chris Feistl (Michael Stahl-David) e Daniel Van Ness (Matt Whelan), inconformados pela lentidão da justiça colombiana, pela corrupção reinante e pela política que sempre favoreceu os cartéis.

 

Estes dez episódios mostram-nos um agente Peña mais emocional mas sempre focado no seu objetivo, alargando a sua história às suas raízes familiares e afetivas, e ao porquê da sua ida para a Colômbia.

 

narcos t3 4.jpg

 

O registo dramático documental das duas primeiras temporadas foi mantido nesta e, toda a violência inerente a este tipo de narrativa é-nos apresentada de um modo rude e frontal mas contextualizado e adornado com excelentes performances.

 

De destacar a qualidade das interpretações de Pedro Pascal como o incansável agente Peña, Damian Alcazár no papel do todo poderoso líder máximo do cartel Gilberto Orejuela, Matias Varela como o responsável de segurança do cartel Jorge Salcedo.

 

narcos t3 5.jpg

 

No entanto, não podíamos deixar de destacar a participação, ainda de pequena mas definitivamente marcante, do "nosso" Pêpê Rapazote como "Chepe" Santacruz-Londoño o implacável líder das atividades do cartel em New York.

 

No geral, esta temporada manteve a qualidade das anteriores, e não desiludiu, numa altura em que a necessária alteração de contexto não era fácil, os produtores conseguiram manter-nos interessados e agarrados à televisão até ao último episodio.

 

No Sessão da Meia Noite mantemos a nossa aposta nesta série, esperando ansiosamente pela quarta temporada.

 

 

Classificação SMN: 10/10

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.