Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Turbo Charged Prelude to 2 Fast 2 Furious

Numa das nossas navegações pela internet dos filmes, o Sessão da Meia Noite descobriu que foram feitos alguns vídeos que fazem a ligação entre alguns dos episódios da uma das nossas sagas favoritas: Velocidade Furiosa.

 

Cronologicamente, entre Velocidade Furiosa (2001) e Velocidade + Furiosa (2003), existe uma curta-metragem, de cerca de 6 minutos, que explica um pouco da ligação entre os dois primeiros filmes da saga (algo diferentes e até um pouco off como todos podem testemunhar).

 

Obviamente que estas ligações só mais tarde se vão perceber mas, de volta ao que interessa.

 

turbo charged prelude 1.jpg

Turbo Charged Prelude to 2 Fast 2 Furious, 2003, de Philip G. Atwell, com Paul Walker, Peter Aylward, Vin Diesel, Minka Kelly.

 

Este vídeo foi lançado a 3 de junho de 2003, e faz parte de algumas edições especiais de Velocidade Furiosa. Também foi utilizado como prelúdio em cinemas escolhidos no lançamento do filme de 2003.

 

A história é muito simples e apresenta-nos Brian O’Conner (Paul Walker) que, após ter deixado fugir Dominic Toretto (Vin Diesel), ganha o estatuto de fugitivo e foge de Los Angeles, num Dogde Stelth todo artilhado, sem destino.

 

turbo charged prelude 2.jpg

 

Perseguido pela polícia e pelo FBI, Brian vai vivendo de street races que vai ganhando à medida que vai atravessando os Estrados Unidos.

 

Pelo caminho, vê o seu carro apreendido pela polícia, mas consegue escapar com a ajuda de uma jovem desconhecida num Mitsubishi Eclipse (interpretada por Minka Kelly).

 

Em San António, compra um Nissan Skyline usado, que consegue reparar, e que lhe trará mais vitórias em corridas de rua até que decide culminar a sua viagem em Miami,

 

turbo charged prelude 3.jpg

 

Em Miami conhece Tej Parker (Chris 'Ludacris' Bridges) que lhe serve de cicerone na sua entrada na cena de street races local.

 

Desta forma temos a ligação feita e conseguimos perceber melhor o segundo filme sem Dominic Toretto, num perspetiva de enriquecimento das personagens da saga, construindo a “mi familia” que viríamos a conhecer mais tarde.

 

Disponível no site youtube, aqui fica esta curta para o conhecimento geral.