Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Narcos - Temporada 2

A segunda temporada de Narcos foi lançada pelo Netflix a 2 de setembro, e o Sessão da Meia Noite já conseguiu ver esta temporada que nos apresenta a história de Pablo Escobar e do narcotráfico na Colômbia.

 

narcos-season-2-1440.jpg

Narcos - Temporada 2, 2016, de Carlo Bernard, Chris Brancato e Doug Miro, com Wagner Moura, Boyd Holbrook, Pedro Pascal, Paulina Gaitan, Joanna Christie, Raúl Méndez, Manolo Cardona, Diego Cataño, Jorge A. Jimenez, Bruno Bichir, Danielle Kennedy, Maurice Compte, Gabriela de la Garza.

 

A temporada 2 de Narcos inicia-se no final do décimo episódio da primeira série, numa altura em que Pablo Escobar foge da sua prisão de luxo "La Catedral" com os seus colaboradores mais próximos.

 

narcosNetflixpablo.png

 

Focada num período muito mais curto que a primeira temporada, a história decorre no período entre 1992 e 1993, e documenta de uma forma realisticamente ficcionada a queda de Pablo Escobar e do seu império como rei dos narcotraficantes colombianos.

 

A fuga da prisão ditou uma mudança de atitude por parte das autoridades oficiais, nomeadamente a adoção da metodologia de "olho por olho, dente por dente", que começou a dar frutos, ainda que envolvidos em alguma polémica devido à violência das suas ações.

 

Os "soldados" de Pablo começaram a ser apanhados, ou mortos, tendo o poder de Pablo sido reduzido aos seus mais fieis sicários.

 

narcos-season-2 3.jpg

 

À medida que Pablo Escobar vai tendo as suas operações cada vez mais dificultadas, vamos observando as alterações de personalidade de Pablo, revelando-o como um homem acossado, com dúvidas sobre que caminho seguir, isolado e, até por vezes, frágil.

 

Como “Rei Morto, Rei Posto,”, à medida que Pablo Escobar e o “seu” Cartel de Medellín vai perdendo influência observamos a ascensão dos novos senhores do narcotráfico colombiano - o Cartel de Cali.

 

narcos-season-2 4.jpg

 

Pouco a pouco, o Cartel de Cali vai-se apoderando das operações de Pablo, utilizando para tal estratégias encobertas, trabalhando fora da atenção do público e das autoridades, que estavam completamente focadas em apanhar Pablo.

 

Apesar das diferenças entre as duas temporadas, sendo que a primeira é mais fluída na apresentação da história, a segunda temporada foca-se no período em que Pablo esteve escondido e como ele teria vivido os seus últimos dias até à sua captura/morte. Nesta temporada Pablo já não é o senhor todo-poderoso de “Plata o Plomo” mas sim alguém com as autoridades à perna, e com verdadeiros inimigos muito poderosos, ávidos de lhe tomar o poder.

 

narcos-season-2 5.jpg

 

A história também aflora um pouco as complicadas realidades políticas da Colômbia, com o aparecimento das guerrilhas paramilitares – neste caso Los Pepes, e o seu envolvimento na caça a Pablo Escobar, numa aliança de conveniência com o Cartel de Cali.

 

narcos-season-2 6.jpg

 

Esta temporada confirma a altíssima qualidade desta série, numa aposta mais que ganha pelo Netflix e a Gaumont, já tendo sido renovada para mais duas épocas, a estrear em 2017 e 2018, respetivamente.

 

O misto de realidade e ficção que nos é apresentado revela um produto muito consistente, suportado por um leque de excelentes atores - onde se destacam Wagner Moura, Boyd Holbrook e Pedro Pascal, que nos deixam ansiosamente aguardando pelos novos desenvolvimentos desta epopeia contemporânea.

 

 

Com Pablo Escobar morto (como documento histórico todos conhecíamos o final desta história), aparentemente o novo foco de atenção será o Cartel de Cali.

 

Ficamos assim a aguardar pacientemente, mas com ansiedade, o retorno de Narcos.

 

 Pablo e seu pai.