Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Leap Year - Tinhas Mesmo Que Ser Tu

Aqui vai mais uma comédia romântica para a coleção do Sessão da Meia Noite.

 

Leap_year 1.jpg

Leap Year - Tinhas Mesmo Que Ser Tu, 2010, de Anand Tucker, com Amy Adams, Matthew Goode, Adam Scott, John Lithgow, Tony Rohr, Pat Luffan.

 

Este filme roda à volta do misticismo pagão de uma coisa estranha que os anglo-saxónicos chamam de leap year, e que nós tratamos simplesmente por .... ano bissexto.

 

Pois é, nada mais simples.

 

Assim temos Anna (Amy Adams) que tem um namorado de longa data com Jeremy (Adam Scott) que não mostra grande interesse em casar e cuja relação parece ter caído numa rotina.

 

Leap_year 2.jpg

 

Anna descobre que existe uma lenda do folclore popular irlandês (???) que diz que um pedido de casamento feito no dia 29 de fevereiro de um ano bissexto é uma garantia de felicidade eterna.

 

Deste modo, engendra um plano muito elaborado para que o seu namorado faça o pedido ou, de ela mesma tomar a iniciativa, se isso se revelar complicado no referido dia.

 

Leap_year 3.jpg

 

Um facto que vai complicar tudo é eles morarem em New York e, na altura em questão, Jeremy tem que ir a Dublin em trabalho.

 

Decidida a concretizar o seu sonho, Anna viaja atrás de Jeremy, até à Irlanda, decidida a comprovar a veracidade da sua crença. Anna só não contava com o aparecimento de Declan (Matthew Goode) na sua vida, ou melhor dizendo, com ela a "cair" no meio da vida de Declan.

 

Leap_year 4.jpg

 

Declan é um irlandês de gema, que Anna conhece à chegada à ilha, e que a vai ajudar a chegar a Dublin.

 

Como é fácil de perceber, Anna começa a reconhecer em Declan as qualidades que ela aprecia num homem e que Jeremy já não lhe mostra (mas sempre sem lhe dizer).

 

Leap_year 5.jpg

 

Fica assim criado o triângulo amoroso na cabeça de Anna, que a vai fazer duvidar das suas escolhas, no meio de diversas peripécias hilariantes, para cumprir o seu calendário.

 

O realizador cumpre o seu papel, moldando o argumento numa experiência divertida e romântica para o espetador, realçando as qualidades de interpretação dos atores, especialmente de Amy Adams e Matthew Goode.

 

 

No campo das comédias românticas, o filme não trás nada de revolucionário, ou sequer novo, mas também não é demasiado repetitiva, constituindo uma boa experiência para compartilhar, com uma boa sobremesa.