Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Homenagem a Vasco Granja

Não é habito mas, o Sessão da Meia Noite não podia deixar passar em branco este facto.

 

Faleceu hoje uma das referências obrigatórias de todos os quarentões de hoje que, no início dos anos 80, gostavam de desenhos animados. Com o seu programa "Cinema de Animação", Vasco Granja fazia as delícias de todas as crianças com a sua seleção de desenhos animados.

 

 

Vasco Granja foi o primeiro em Portugal a utilizar o termo banda desenhada, tendo sido um dos grandes impulsionadores e divulgadores da banda desenhada em Portugal.

 

Esteve inclusivamente ligado à fundação da primeira livraria especializada de banda desenhada em Lisboa "O Mundo da Banda Desenhada" em 1978.

 

Em 1974 iniciou-se na televisão com "Cinema de Animação" na RTP, que viria a durar 16 anos, com mais de mil programas transmitidos.

 

Nesses programas, Vasco Granja dava a conhecer a animação de todo o mundo, desde aquela que era realizada nos países do Leste da Europa, até à proveniente da América do Norte.

 

 

Os seus programas faziam uma grande divulgação da animação, mas difundiam também de uma mensagem de paz, que Vasco Granja considerava estar presente em muitos dos filmes da Europa de Leste.

 

Para a memória fica uma breve participação no Herman Enciclopédia, em 1998, onde parodiava os seus próprios programas.

 

 

Vasco Granja tinha um discurso que não era bem entendido por todas as crianças que, na realidade queriam era ver os desenhos animados, mas ele acabava sempre por nos transmitir conhecimentos e enriquer a nossa cultura sobre banda desenhada e cinema de animação pouco divulgados na altura.

 

Nesta altura em que só existiam dois canais de televisão (sim esse tempo existiu mesmo) a escolha também não era muita, e nós tentava-mos apanhar todos os "bonecos" que conseguíamos.

 

Aqui fica a homenagem do Sessão da Meia Noite a um visionário da cultura alternativa em Portugal, que fazia as delícias dos petizes nos idos anos 80.