Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Homefront - A Última Defesa

Por vezes, há argumentos esquecidos que, por sorte ou infortúnio, acabam por ganhar vida muitos anos após a sua génese.

 

Removidas as camadas de pó pelo interesse gerado por um produtor ou estúdio, algumas destas peças de escrita acabam numa qualquer tela ao pé de si, a fazer as delícias dos apreciadores de cinema.

 

É este o caso do filme que vamos falar hoje.

 

Homefront A Última Defesa 1.jpg

Homefront – A Última Defesa, 2013, de Gary Fleder, com Jason Stathan, James Franco, Izabela Vidovic, Kate Bosworth, Marcus Hester, Clancy Brown, Winona Ryder, Omar Benson Miller, Rachelle Lefevre, Frank Grillo, Chuck Zito, Pruitt Taylor Vince, Austin Craig, Owen Harn.

 

Este é um filme de ação claro, puro e duro, sem desculpas.

 

Jason Statham é o bom da fita, personificando Phil Broker, um agente do DEA - Drug Enforcement Administration, que se retira para uma cidade pequena do interior sul da América de modo a criar a sua filha em paz e sossego.

 

Homefront A Última Defesa 2.jpg

 

Os maus da fita são James Franco (Morgan “Gator” Bodine) e Winona Ryder (Sheryl Marie Mott) que aqui são uns pequenos traficantes e consumidores de droga locais com aspirações a serem grandes.

 

Mas Broker não consegue, obviamente, os seus intentos, e o seu passado, incorporado no desejo cego de vingança de um grande traficante de droga Danny “T” Turrie (interpretado por Chuck Zito), que vai trilhando o seu caminho até aquela pequena e calma cidade, onde a pacatez vai ser muito perturbada.

 

Homefront A Última Defesa 3.jpg

 

O sentido de autodefesa de Phil Broker vai ter que se suplantar ao seu desejo de calma e sossego, num crescendo de ação que vai culminar na necessidade absoluta de proteção da sua filha Maddy Broker (Izabela Vidovic).

 

Este filme é uma muito boa experiência de ação, não só pela forma como a história é apresentada, mas também porque, desde cedo, nos vamos apercebendo de algo familiar no argumento.

 

Esta familiaridade é revelada nos créditos.

 

Homefront A Última Defesa 4.jpg

 

O argumento é da responsabilidade de Sylvester Stalone (sim, o Rambo e o Rocky que, para os mais desatentos, já foi nomeado para Óscares na capacidade de argumentista) que havia ficado na gaveta mais de 20 anos.

 

Homefront A Última Defesa 5.jpg

 

Escrito para ser um pedaço da história de John Rambo, nunca foi produzido e, só viu a luz do dia devido ao interesse demonstrado por Jason Stathan em protagonizar este filme de ação.

 

Em suma, este filme não tenta ser nada mais do que um bom filme de ação e, nesse campo cumpre todos os objetivos. O realce de interpretação vai para James Franco que é um traficante excelente e para a muito alterada Kate Bosworth.

 

Homefront A Última Defesa 6.jpg

 

No Sessão da Meia Noite também gostámos bastante da interpretação de Winona Ryder, onde se revela a curiosidade de, numa altura em que ela já se encontrava livre de drogas, interpretar uma viciada muito convincente.