Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Goodfellas - Tudo Bons Rapazes

Numa passagem pelos melhores filmes de gangsters do final do século XX, o Sessão da Meia Noite reviu recentemente “Goodfellas” de Martin Scorsese.

 

goodfellasposter 1.jpg

Goodfellas – Tudo Bons Rapazes, 1990, de Martin Scorsese, com Robert De Niro, Ray Liotta, Joe Pesci, Lorraine Bracco, Paul Sorvino.

 

Este filme é um épico biográfico que acompanha a ascensão e queda de Henry Hill (Ray Liotta) que, desde jovem, sempre quis ser um “wiseguy”, ou seja, um gangster.

 

goodfellas 2.jpg

 

O argumento é uma adaptação livre da novela de 1985 do jornalista criminal Nicolas Pileggi intitulado “Wiseguy”, e retrata a vida real de um mafioso (Henry Hill) que, mais tarde, se torna informante do FBI, como única solução para salvar a sua vida.

 

O filme começa com a frase “As far as I can remember I always wanted to be a wiseguy” que reflete a postura de Henry Hill e a sua veneração pelo estilo de vida dos gangster de ascendência italiana na Brooklyn dos anos 1950’s.

 

Henry começa por desafiar a sua família, desistindo da escola e juntando-se aos gangsters que se encontravam num clube na sua rua. Inicia a sua “carreira” como moço de recados, sendo mais tarde promovido para o furto de tabaco.

 

goodfellas 1.jpg

 

Protegido pelo chefe local Paul “Paulie” Cicero (Paul Sorvino), Henry e os seus novos amigos: James “Jimmy The Gent” Conway (Robert De Niro) e Tommy DeVito (Joe Pesci), vão ganhando o respeito dos seus superiores, desenvolvendo a sua atividade criminosa com bastante sucesso.

 

As suas noites era frequentemente passadas no Copacaba, um famoso club noturno de New York, onde inclusivamente Henry conhece Karen (Lorraine Bracco) uma jovem judia, por quem ele se apaixona e com quem virá a casar.

 

goodfellas 3.jpg

 

Lorraine Bracco tem aqui um desempenho excelente de uma mulher forte, companheira de um gangster que, apesar das reticências iniciais, é seduzida pelo glamour aparente deste tipo de vida.

 

A sua relação só começa a correr mal quando Karen descobre que Henry tem uma amante – Janice, num apartamento pago por si, o que a leva a ameaçar violentamente Henry, ao ponto de ele ser admoestado por Paulie.

 

goodfellas 4.jpg

 

Paulie propõe-se resolver a situação com Karen desde que os três amigos lhe façam um trabalho de cobradores de dívidas na Florida. O trabalho corre mal e Jimmy e Henry são presos e condenados a 10 anos de prisão.

 

goodfellas 5.jpg

 

Ignorado pelos seus amigos gangsters, Henry vê-se forçado a vender droga para suportar a sua família no exterior, um negócio que continua quando é libertado. Obviamente que os três amigos se juntam de novo neste negócio, contrariando a proibição de Paulie de venda de droga. Este tipo de proibição era muito frequente nos negócios da máfia dos anos 60 e 70 do século XX.

 

Este era o início de uma espiral descendente e destrutiva de Henry que vai sendo agravado pelo seu consumo crescente de droga.

 

Contudo, no final da década de 70 o gang tem sucesso num golpe de roubo de dinheiro, conhecido como The Lufthansa Heist no aeroporto JFK International Airport que lhes rende cerca de 6 milhões de dólares.

 

goodfellas 6.jpg

 

O problema é que os restantes participantes do golpe não se conseguem conter, e começam logo a dar sinais exteriores de dinheiro fresco, o que faz com que os três amigos, por medo de atrair a atenção da polícia, os executem.

 

No início dos anos 1980, Henry é mais uma vez preso devido às suas ligações ao mundo da droga e consequentemente é expulso da associação criminosa, por Paulie. Numa altura em que Henry suspeita que Jimmy o quer matar, Henry adere ao programa de proteção de testemunhas do FBI, com a sua família e testemunha sobre as atividades que praticara e assistira, como sua única salvação.

 

No mundo real, sem crime, no final Henry diz “I’m an average nobody. I get to live the rest of my live like a schnook”, demostrando a sua completa frustração com a sua nova situação.

 

 

O segredo deste filme, além da enorme competência técnica demonstrada por toda a equipa, é o facto de conter uma grande história de amizade e companheirismo a toda a prova, entre um grupo de homens, que só desejavam integrar uma comunidade que os respeita-se e, cujo reconhecimento eles valorizam.

 

Martin Scorsese consegue deste modo, apesar do contexto pesado e violento do argumento, que este filme seja avaliado além da sua superfície violenta e nada recomendável, mas sim pelas relações pessoais que nele se desenvolvem.

 

goodfellas 7.jpg

 

Para o Sessão da Meia Noite, este filme faz parte dos melhores filmes de gangsters de sempre, juntamente com a saga de Francis Ford Coppola “O Padrinho I, II e III” e “Os Incorruptiveis Contra a Droga I e II”.

 

goodfellas 8.jpg

 

Estes filmes são os principais responsáveis pelos moldes que têm servido de base a todos os filmes de gansgsters e mafiosos que lhes seguiram, de tal modo que a sua qualidade e valor continuam indiscutíveis ainda hoje em dia.

 

Na cerimónia dos Óscares de 1991, Goodfellas conseguiu nas seis nomeações que tinha vencer um Óscar, numa época em que este género de filmes não eram bem vistos pela Academia. Também teve cinco nomeações para globos de ouro mas neste caso sem qualquer galardão.

 

Como era de esperar num público especializado de mentalidade mais aberta, Goodfellas venceu cinco Baftas das sete nomeações a que se apresentou a concurso.

 

Apesar do tempo decorrido, este filme é sempre uma experiência de alto valor, essencial para qualquer apreciador de bom cinema.