Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Curiosidades #4 Bruce Lee

Bruce Lee só fez quatro filmes de artes marciais, mas esta pequena quantidade revelou bastante qualidade o suficiente para o tornar um ícone cultural a nível mundial.

 

No entanto, os seus filmes não foram livres de complicações, essencialmente relacionadas com os títulos, e com o facto de serem rodados maioritariamente em Hong Kong ou na China e de serem falados em mandarim.

 

No que concerne aos títulos veremos aqui o deslindar dos problemas relacionados com os mesmos.

 

Por exemplo, Big Boss O Implacável de 1971, com o título original de Tang Shan da Xiong, foi lançado internacionalmente como The Big Boss.

 

No entanto, os distribuidores americanos decidiram chama-lo de The Chinese Connection, devido à grande popularidade dos filmes de Popeye Doyle – The French Connection. Mais tarde, e sem explicação conhecida, o título foi alterado para Fists of Fury.

 

Mas as distribuidoras aperceberam-se que um dos filmes seguintes de Bruce Lee se iria chamar Fist of Fury, o que originaria confusão nos espetadores. Assim decidiram por mais uma alteração de título, desta vez para The Iron Hand. Não ficando satisfeitos, voltaram a The Chinese Connection e assim ficou.

 

 

Também Enter the Dragon – O Dragão Ataca de 1973, teve uma escolha de título conturbada. Originalmente chamar-se-ia Han’s Island, pois o estúdio considerava que Enter the Dragon poderia ser mal aceite internacionalmente.

 

Como títulos alternativos foram também considerados The Deadly Three e Blood and Steel. No final, foi escolhida a primeira opção que, na opinião do Sessão da Meia Noite, foi a escolha acertada.