Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

Sessão da Meia Noite

Comentários pessoais e (in)transmissíveis sobre cinema e televisão.

The Shallows - Águas Perigosas

Numa experiência muito antecipada, o Sessão da Meia Noite teve recentemente a oportunidade de ver o mais recente filme de terror sobre tubarões.

 

the-shallows-dom-shlw_dgtl_mkt_1sht_1_rgb.jpg

The Shallows – Águas Perigosas, 2016, de Jaume Collet-Serra, com Blake Lively, Óscar Jaenada, Brett Cullen, Sedona Legge, Angelo Corzo, Pablo Calva, Diego Espejel, Sully Seagull.

 

Este filme representa a primeira expressão credível (e aqui queremos enfatizar este adjetivo)  de filmes sobre tubarões desde Deep Blue Sea – Perigo no Oceano de 1999.

 

the-shallows-banner.jpg

 

Num filme bastante bem conseguido, Jaume Collet-Serra coloca Blake Lively no papel de uma jovem surfista (Nancy) à busca de um local especial, uma praia escondida, que lhe traz lembranças felizes com a sua mãe, recentemente desaparecida.

 

Nancy está destroçada, e sem rumo, após a morte de sua mãe, decidindo procurar algo que elas tinham em comum – uma praia escondida onde ambas surfaram quando ela era pequena.

 

the-shallows-4.jpg

 

A praia é paradisíaca e exatamente como ela se lembrava. Já na água, após algumas ondas, Nancy descobre a carcaça de uma baleia que está a servir de alimento a um grande tubarão branco (nesta caso uma fêmea) que rondava o local.

 

A partir deste ponto temos instalado o contexto para uma luta pela sobrevivência de Nancy que, inadvertidamente, se tornou potencial alimento de tubarão, ao ter entrado na sua área de alimentação.

 

the-shallows-5.jpg

 

Com um elenco mínimo, sendo que dos três protagonistas dois são animais, o realizador consegue um nível de suspense muito bom numa narrativa intensa, onde Nancy tenta fugir, como pode, ao destino aparentemente inevitável.

 

Ao fugir da carcaça, Nancy consegue nadar até um baixio, não sem antes ser mordida, onde encontra um companheiro - uma gaivota ferida, que ela acaba por chamar Steven Seagull. Aqui podemos ver alguma semelhança do Wilson de Cast Away - O Náufrago, mas com a diferença de neste filme o companheiro ser um animal.

 

the-shallows-6.jpg

 

Numa praia longe de tudo e de todos, é muito complicado pedir por socorro. Dois outros surfistas que Nancy tinha conhecido quando chegou, proporcionam uma ajuda pouco convencional, dado que ambos também terão que lidar com o referido predador.

 

O filme não desilude, e traz de volta o medo incompreendido pelos tubarões, cuja agressividade tem aqui uma explicação muito clara, num excelente exemplo seguidor de clássicos como Jaws - O Tubarão.

 

the-shallows-7.jpg

 

Blake Lively corresponde positivamente à confiança que o realizador depositou nela, e consegue carregar o filme na sua quase totalidade muito competentemente, construindo Nancy com uma grande carga dramática e um instinto de sobrevivência muito desenvolvido e cativante na tela.

 

É um filme muito bom para quem gosta de suspense e de thrillers dramáticos, num exemplo muito bem construído, próximo da realidade, sem os sensacionalismos exacerbados de outros títulos que também usam os tubarões como leitmotiv.